É comum que pessoas sempre conectadas a Internet possuam a necessidade de cadastrar um email e uma senha para acessar um site, serviço ou qualquer outro produto disponibilizado online. Somos obrigados a decorar a nossa data de aniversário, CPF, RG, datas das esposas e maridos, senhas bancárias, placas de carros e muito mais.

A diferente quantidade de combinações que estão no cérebro das pessoas é gigantesca, daí termos a mania de cadastrarmos senhas fracas, mas que em suas mentes são fáceis de decorar. Quem nunca usou uma data comemorativa, placa do carro, números do CPF ou do RG para cadastrar alguma senha ?

Alguns bancos já possuem sistemas que proíbem o cadastramento de senhas com os dados pessoas, ele apresenta um erro logo após a tentativa, mas a pessoa cria uma outra senha, fácil de ser lembrada e digitada, e para a surpresa de muitos temos as seguintes senhas:

  • 123456
  • 654321
  • 1122334455
  • 123123456456

O mais interessante disso tudo é que a criação de senhas fracas é uma coisa normal, tida como corriqueira. Ninguém quer ficar gravando um monte de letras e números difíceis para acessar uma conta bancária ou de email, mas ai que mora o perigo, crackers se aproveitam destas senhas fracas e roubam além dos seus emails, o seu dinheiro.

Devido a esse problema generalizado de falta de segurança quanto as senhas, vários bancos implementaram alguns sistemas para aumentar a sua segurança e de seus correntista, empresas que hospedam serviços críticos também utilizam destes sistemas para garantir a segurança de seus dados e seus clientes, pena que o pessoal do governo americano não dê o exemplo.. 🙂

Outro dia desses, apareceu em um programa de televisão a seguinte pergunta:

Vocês já sabem qual é a resposta correta desta pergunta ?!

E ai, como garantir a segurança das suas senhas ? Um macete é a criação de um algorítimo para facilitar esse processo, você pode utilizar o seguinte:

2 primeiras letras do site / dois primeiros números do seu cpf / dois últimos números da sua identidade / dois números do mês do seu nascimento

Simples, mas não é qualquer um que consegue quebrar, lembrem-se que senhas com mais de 10 caracteres aumenta em muito a sua segurança.

Compartilhar:

Este post tem 2 comentários

  1. Gustavo peço que faça uma matéria sobre o mundo Underground e a cultura hacker da Rússia. Um país com uns dos melhores hackers do mundo, capazes de invadir qualquer sistema, excelentes programadores e experts em Redes.

  2. Ao ler este post lembrei na hora do dia em que instalei Ubuntu no PC do meu irmão, esses dias, e que ele tinha que digitar sua senha do usuário para finalizar a instalação. O sistema simplesmente não permitiu que a instalação prosseguisse enquanto sua avaliação da senha não a considerasse boa. Foram várias tentativas, até eu explicar para ele que as senhas devem conter um misto de caracteres diferentes, além de letras capitalizadas e números, como caracteres especiais(! $ % # …), para que o sistema fique mais seguro e sua senha se torne mais forte e complicada de ser quebrada e o sistema ser invadido. Mas achei muito interessante isso, não sabia que no Linux não era possível finalizar a instalação caso sua senha não seja boa, pois isto nunca tinha acontecido comigo. Não é à toa sua reputação de sistema seguro. Segurança começa por aí.

Deixe uma resposta

Fechar Menu