11573_767753616633317_822181770164131785_n

Algumas das pesquisas e trabalhos apresentados nos últimos anos, aqui no Brasil, foram terríveis, demonstrando assim a total falta de preparo técnico que muitos profissionais possuem. Fora isso, a falta de análise crítica, capacidade de pesquisa e criação de uma dissertação lógica e contundente.

Resumindo – se continuarmos assim, seremos para sempre conhecidos como o país do 7×1 para Alemanha, porque nem no futebol a gente manda bem. E o mais engraçado é que os motivos são os mesmos. Falta de análise crítica e profissionalismo.

Só para fechar; alguns pseudo-profissionais chegam ao ponto de reclamarem sobre o roubo de pesquisas e ideias, acusando os seus pares e/ou colegas de plágio, sem ao menos imaginar – e isso eu acho de uma dificuldade ímpar para diversos brasileiros – que no meio de 6 a 7 bilhões de pessoas no planeta terra, não há alguns indivíduos que tenham tido a mesma ideia.

Sobre o respeito entre os hackers brasileiros

Há uma história que diz que o hacker brasileiro só deve ter este título, de hacker, caso outros, bem sucedidos por sinal, tenham concedido este direito a ele.

Agora eu vós pergunto – como é que um hacker pode ser considerado bem sucedido, principalmente no Brasil ?

Compartilhar:

Este post tem 2 comentários

  1. Gustavo, você vai organizar algum evento esse ano? assim como vc fez em alguns outros?

    outra pergunta
    se tivesse no seu alcance (independente de dinheiro) quem vc chamaria para compor um evento, em um ciclo de palestras, e por que?
    Ou responda-me essa pergunta? (caso n responder à acma)
    Quais os profissionais brasileiros gabaritos para palestrar em eventos de segurança, no seu ponto de vista?

    abs

Deixe uma resposta

Fechar Menu