Escrevo este post devido a pergunta de um dos leitores quanto a necessidade de possuir uma certificação para conquistar uma vaga de trabalho nos EUA, mas antes vamos entender um pouco a necessidade de títulos e certificações de TI e o motivo pelo qual várias empresas colocam como indispensável em seus anúncios de emprego.

Observei a demanda de empresas quanto a contratação de profissionais certificados e com alguns títulos, Pós-gradução e MBA nestes últimos 10 anos, tendo altos e baixos por determinadas certificações começando pela MCSE, passando pela CCNA e chegando as certificações voltadas ao desenvolvimento utilizando uma linguagem de programação ou e por fim, segurança da informação.

Destaco as contratações para prestação de serviços em empresas do governo brasileiro, como exemplo Petrobras e Eletrobras, onde é normal que no enunciado de uma licitação pública venha descrito todos os pré-requisitos do profissional, incluindo suas qualificações, certificações e formação. Só os candidatos que tiverem todos os pre-requisitos serão selecionados e aprovados para a vaga. Já li uma série de pré-requisitos para licitações do governos onde constavam oportunidades direcionadas aos profissionais com mais de 15 anos de experiência comprovada em carteira, até mesmo direcionada aos profissionais com 5 certificações no mínimo.

E o mercado corporativo, o que vem pedindo ?

Digo-lhes que várias empresas aprenderam com o tempo e descobriram que vale mais a experiência de um profissional do que somente algumas certificações. Cito como exemplo as diversas vagas para profissionais de TI no www.apinfo.com, algumas área em TI que lidam com operações de missão crítica como instituições financeiras, serviços hospitalares e telecomunicações, necessitam de profissionais com experiência para suportar trabalhos e chefes estressantes.

Claro que existem algumas exceções que na sua grande maioria são voltadas para área de redes e de segurança da informação, mas destaco que as certificações da Cisco e da Juniper são umas das poucas que além de focarem no manuseio de seus produtos e equipamentos também focam no conhecimento técnico em redes, conhecimento esse que é necessário para trabalhar com uma série de outros equipamentos ou áreas em TI.

Vejam que o mercado como um todo vem se adaptando a demanda global por profissionais cada vez mais generalistas e capazes de trabalhar em ambientes críticos e conflitantes. Digo-lhes que já vi excelentes técnicos sendo demitidos por causa de comportamento, sendo assim, não achem que possuir uma grande quantidade de certificados e títulos é garantia de emprego, mas que possuir algumas certificações ajuda e muito a conseguir um aumento ou um emprego.

Compartilhar:

Este post tem 3 comentários

  1. Acho que para quem esta começando o ideal é enquanto cursa a graduação conseguir uma certificação, eu por exemplo tenho duas pós mas na hora das entrevistar o que me perguntam é se tenho certificação…. se não tivesse o CCNA e 3 certificações do currículo CCNP acho que não teria arrumado o emprego q qria….

  2. Talvez o grande desafio seja escolher uma boa maneira de comprovar a experiência do profissional em questão. Tudo bem, tem muita gente que só tem o titulo tendo decorado um Testking da vida. Mas, como comprovar conhecimento ? Num teste prático, anos de carteira, indicações ?

  3. Uma entrevista técnica cara à cara resolve uma série de duvidas, melhor que numa prova. Veja que aquele q tiver toda a teoria na cabeça sairá melhor que aquele que não a tem. Quanto a testes e provas após a entrevista, eu pessoalmente sou contra já que vc não tem como avaliar o conhecimento de uma pessoa com mais de 5 anos de experiência em uma simples prova.

Deixe uma resposta

Fechar Menu