A virtualização é uma tecnologia que facilita em muito o crescimento de servidores dentro de um datacenter, você consegue consolidar vários servidores em uma única caixa física, ganhando em espaço físico, diminuição de horas de suporte, gastos com energia elétrica e ar-condicionado.

Os novos servidores com processadores Intel Xeon 5600 series, processadores esses com 6core, já suportam uma incrível quantidade de memória RAM, uns dos principais recursos para as máquinas virtuais, já que você virtualiza o processador (micro-particionamento), mas não virtualiza a memória RAM.

Uma das maiores discussões para a construção de um ambiente virtual é a quantidade de máquinas virtuais distribuídas por servidor físico, a VMware apresenta uma documentação clara quanto a distribuição e o suporte de clusters e máquinas virtuais por ambiente, mas uma coisa os meus avós me ensinaram, nunca coloque todos os ovos no mesmo cesto, pois se o cesto quebrar, você perderá tudo. Isso é válido para o seu ambiente virtual, o dimensionamento com folga por servidor é primordial em casos de panes físicas. Deixe 40% no mínimo de espaço disponível nos servidores que compõem o seu cluster para momentos críticos que necessitam a movimentação de máquinas virtuais entre servidores físicos, isso pode salvar o ambiente do seu cliente e o seu emprego.

O mesmo vale para configuração das suas interfaces de redes, distribua de forma equilibrada e deixando folga em casos de pane, imaginem que de 10 máquinas virtuais por servidor físico, esse número pode aumentar para 16 de uma forma rápida e imprevisível, dai a necessidade de recursos disponíveis, recursos esses como CPU, Memória e Placas de rede.

O vídeo abaixo explica com detalhes o que é virtualização:

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu