Um amigo veio me apresentar nessa última semana, um interessante projeto que a sua empresa executou que teve como objetivo virtualizar mais de 90% dos servidores Windows e Linux, muitos destes servidores tinham mais de 3 anos de uso e alguns já não possuíam contrato de suporte ou manutenção.

Para o projeto eles utilizaram o Vmware vSphere já na nova versão, 4.1, versão essa que tira um monte de bugs. Eles tiverem alguns problemas de migração de máquinas físicas muito antigas, normal até ai. O que me chamou a atenção foi o esquecimento quanto à migração do licenciamento do ambiente físico para o virtual, já que há uma grande diferença em termos de valores. Digo-lhes como exemplo a RedHat: Para cada 10 servidores virtuais rodam na mesma máquina física você pagará o valor de um pouco mais de US$ 4.000 por um suporte 24×7 por 1 ano.

Em um projeto de virtualização de servidores é interessante alinhar antes com os fornecedores de suporte e licenças do seu parque, verificando o prazo de validade ou renovação, tanto das suas licenças como do suporte, isso pode gerar uma economia ainda maior no seu projeto.

Outra dica é escolher um gerente de projetos para iniciar, mediar e finalizar todo o processo de virtualização do seu parque de seus servidores, o gerente de projetos poderá passar status semanais de como está o projeto e no final, apresentar com detalhes o quanto você irá economizar com a virtualização.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

Fechar Menu